segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Finalmente,

Acabei de ler o livro "Os sinais do medo" (Ana Zanatti) que já andava nisto há que séculos . Sinceramente, achei um pouco desinteressante embora retratasse bem o tema principal - a homossexualidade, exprimindo a revolta da autora em relação à discriminação e a tudo o que envolve o facto de se assumirem perante a sociedade. É também um apelo à igualdade, procurando demostrar que o AMOR é simplesmenta AMOR, quer seja entre pessoas de sexos diferentes ou do mesmo sexo.

Entretanto já comecei a dar uma espreitadela no livro "Laços que perduram" de Nicholas Sparks...

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

A pensar qualquer coisa que nem sei.
A sentir qualquer coisa que nem sei.
Quem sabe então?

Visitas de estudo a hospitais

Ontem eu e o meu grupo de Seminário de Integração em Ortóptica faltámos às aulas para passar a manhã no Hospital da Luz para vermos como é o trabalho de um ortoptista e as diversas tarefas que realizam.
Gostei bastante daquilo que pude observar e aprender, embora tenha ficado um bocado decepcionada por se basear em fazer exames às pessoas e trabalhar na sala da triagem em oftalmologia. Pelo que percebi dos outros grupos dão também várias consultas principalmente em relação ao estrabismo. Não fiquei apaixonada por aquilo, mas também não desgostei.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Jantar de curso 25-11-2010

Foi dia de jantar de Ortóptica e de Arraial da Saúde na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa xD
Acho que foi a vez que fiquei mais perto de "bêbada", espero não me começar a habituar a isso... Mas foi bastante divertido, o karaoke, a companhia e tudo o mais! Além disso, tive ordem de soltura e pude dormir lá, em casa de uma veterana :)

Gostei muito, quero outro jantar assim, ou ainda melhor para a próximaa xD

Novos amigos

Obviamente que isto de mudar de escola e ir para um ambiente completamente diferente me traz novos amigos com quem me vou dando cada vez melhor. Acho que mesmo que não me dê muito bem com muita gente e apesar dos grupinhos que se estao a começar a formar... sinto-me bem.

Tenho medo que até esses se fartem de mim, como os outros todos...

Dias de inverno


Já há bastante tempo que aqui não vinha, talvez por falta de tempo ou por falta de inspiração. Acho que é tudo à mistura.
Hoje, está frio. Dá vontade de ficar em casa com os aquecedores ligados e toda coberta de mantas... O tempo assim, deprime-me.
Começa a vir-me à cabeça tudo aquilo que costumo disfarçar no meu dia a dia. Acho que continuo à procura de mim mesma... nunca se deixa de procurar, certo? Sinto que ainda tenho tanto a mudar, tanto a crescer, tanto a tornar-me uma pessoa normal, sem as minhas extravagâncias que começam a deixar toda a gente CANSADA.

Isso é triste, às vezes. Mas basta um sorriso vindo do outro lado que se esquece tudo. Um sorriso basta para me saciar, sempre se aguenta melhor o dia...

terça-feira, 9 de novembro de 2010

De volta,

a minha mania de fazer trancinhas no cabelo!

Parvoices minhas.

Vou deixar-me de tretas e crescer! Deixar as manias antigas e os dias maus por causa dos desprezos. Esta ânsia de querer ser sempre o centro das atenções! Tudo acaba, um dia, mais vale abrandar antes de bater na árvore. A árvore é chata e causa-me dores de cabeça.
Afinal de contas, que me interessa o que pensam os outros? Se me acham mais ou menos "cativante", com mais ou menos coisas para contar. Acho que é normal, não sou aventureira nem "vivida", ainda tenho muita vida pela frente. Às vezes é preciso saber quando parar.

É tão estranha a ridicularidade de estar bem disposta? Saltitante, como me costumo definir nesses momentos... Apenas tenho medo de ser normalizada, de me tornar apagada. Preciso de luz e de cor na minha vida, sem isso não sei o que sou...

Ai, que pensamentos da treta!
Às vezes... sinto-me ridicula, no meio de tanta gente que se acha tão normal. É irritante a quantidade de atenção diária de que necessito, nem eu própria faço ideia!
Nem sei o que pensar, estou a ficar cada vez mais desinteressante, se é que alguma vez o fui. Pelo menos tive a sensação que sim, no início... E depois ponho-me com estas coisas completamente infantis! Nada me sai bem hoje, nem as palavras. Só estou cansada e com sono, deve ser isso.

domingo, 7 de novembro de 2010

Fim do Mundo?


Toda a gente está sempre a especular um bocado sobre este assunto e não entendo porquê... É claro que é sempre óptimo podermos controlar os nossos últimos momentos na Terra, faríamos tudo para aproveitar ao maximo cada segundinho, coisa que nas nossas rotinas habituais nem nos apercebemos.

Mas, quer dizer! Não vamos já a correr comprar latas de feijão para quando o mundo acabar, nessa altura nem vão ser necessários!

O que fariam se soubessem que o mundo acabava daqui a uma semana?

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Sei que é estar a ser egoísta, mas gostava mesmo de ir passar um diazinho longe dos pais, longe disto, só contigo. Mas obviamente não posso, nunca posso. Sei que as coisas não são sempre como eu quero, tenho que pensar mais neles, porque são a minha familia... Aposto é que no fim vai ser tudo como eu queria, excepto o facto de estar contigo.

Alguém?

Ainda alguém lê isto? É que já não há quem escreva. Peço desculpa mas há falta de inspiração e falta de factos interessantes que eu de noite me lembre para contar aqui. Um dia destes escrevo tudo o que me lembrar dos últimos tempos...

Já agora, a Mariana tinha-me convidado a participar nas suas "resoluções diárias" no blog "O dia da Revolução" criado por ela, mas eu estou farta de adiar e nunca mais o faço.

Resolução de hoje: Vou tentar arranjar tempinho para o blog e para as resoluções, pode ser que isso me ajude de alguma maneira.

Isto Não É Tempo Perdido, É Tempo Reflectido!

sábado, 16 de outubro de 2010

18 anos!

Correu tudo como eu desejava para o meu aniversário. Não precisei de mais, nem de menos... apesar da simplicidade do dia. Decidi usar o meu vestido cinzento e os sapatos de salto alto que nunca faltam em boas ocasiões, fui para a escola toda contente, sozinha nos transportes públicos, a receber mensagens de parabéns logo de manhã.
O dia foi normalissimo, sem grandes festejos, e ainda bem porque não estava com grande paciência para isso. Os meus novos colegas de turma cantaram-me os parabéns na aula de BCM e ofereceram-me uma mala muito gira!
A noite foi a melhor parte, é claro! Para começar fui jantar fora, na praia... Um piquenique à luz das velas, que vos parece? E muito bem acompanhada! Apesar de simples, foi bastante romântico, num mundo completamente à parte. Depois, e como já tenho 18 anos, fui beber shots na marina de Cascais... só para me armar em rebelde xD

E foi isto, mais um ano, com acréscimo de responsabilidade e de maturidade.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

De bicho a caloira - Baptismo Ortóptica

O melhor das praxes é o Baptismo! Um verdadeiro motivo de orgulho não se sabe muito bem vindo de onde. Só o estarmos todos ali, juntos, unidos como curso... no parque das nações, naquela água toda porca ao pé dos vulcões, com os nossos penicos à mão, prontos a serem utilizados pelos nossos padrinhos para nos molharem todos, a fazer o juramento perante o Dux e as Divindades...

Juro, juro ah ah, nunca fechar as pernas para uma boa queca, (bis) ahah

Em resumo, um dia excelente, para sempre o dia em que me senti uma aluna universitária, nunca mais bicho, nunca mais!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Praxe Conjunta

Ortóptica é nosso! Ortóptica é nosso! Ortóptica é nosso e há-de ser! Ortóptica é nosso e há-de ser! Ortóptica é nosso até morrer! Até morrer!

Quarta-feira foi o dia da praxe conjunta, em que eu fui escolhida para representar os caloiros do meu curso, CALOIRONA, numa apresentação teatral preparada pelos nossos veteranos. Tinha que "imitar" a famosa Katyzinha do Youtube dos "Cortes e decotes". Diverti-me imenso e, apesar de não ter ganho, foi fantástico ter participado!
Fizemos ainda uma apresentação do curso para toda a escola... Foi uma praxe bem diferente, que gostei muito. (Especialmente porque envolveu teatro, uma das minhas paixões :P)

Ortóóóóóóóptica!!

Praxes 2010

"Bicho não ri, bicho não fala, bicho não me olha nos olhos!"

Bem, o que se pode dizer destes dois dias espectaculares? Cheguei a casa mega cansada, molhada, toda badalhoca, quase sem voz, e sabe-se lá mais o quê, mas só assim sei que vão ser inesquecíveis!
Conheci imensa gente e diverti-me bastante... o mais chato foi que fiquei a conhecer todas as pedrinhas da faculdade ao pormenor, mas até isso faz parte da "aventura" que é a semana das praxes.

Nome de bicho: Ana Rita, quando faço força a minha cona apita! (hum... coisa interessante...)


Rally Tascas, Terça feira, 28 de Setembro de 2010 :)

domingo, 26 de setembro de 2010

A Rainha da Noite...

Foi a Sara, a nossa aniversariante.
A tarde começou logo bem, com umas comprinhas no Shopping com a Coutinho, à procura da prenda perfeita. Acabámos por escolher um colete super giro e uma pulseira que esperemos que ela use :P
À noite, éramos umas quantas miúdas feitas malucas a andar nas ruas de Cascais... Nem sei, falámos de tanta coisa... das praxes, dos cursos, dos novos colegas... animação total! E obviamente que já não conseguimos passar sem os nossos gelados do Santini...
Digo-vos uma coisa, já não sei se foi do shot grátis se do que foi mas começámos a ver ovnis no céu (acho que eram aviões com luzes mais potentes por causa do nevoeiro). E bem, éramos para cantar todas la no karaoke do bar a música "Rainha da Noite" e dedicá-la à Sara, mas aparentemente não nos deixaram...

Resta-me saber o que vou fazer para os meus anos, mas gostava de me divertir tanto como me diverti :)

sábado, 25 de setembro de 2010

Parque das Nações

Aparentemente, é o meu novo lar. Como tal, nada melhor do que ir visitar os lugares atractivos da zona, para saber com que ocupar os meus minutos livres.
Assim sendo, fui passear ao Parque das Nações, obviamente bem acompanhada... :P Foi a comédia total, o "leitinho" no Mc Donalds e o pessoal de medicina a ser praxado. Mas o ponto alto do dia foi quando fomos andar de teleférico... Havia já tantos anos que não o fazia, e era ainda mais especial por ser contigo. Fizeste questão que fossemos no número 14, foi tão perfeitooo!

Um dia repetimos. Prometes?

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Quantos queres?


Segundo o meu novo quantos queres, as previsões para o futuro são:
- Vou ter sucesso na minha vida amorosa e profissional. Vou ter dinheiro.
- Não me vou apaixonar por mais ninguem. Vou-me casar com o Ruben e ter 4 filhos.

(E mais umas quantas coisinhas que já não me lembro ou não podem ser reveladas ao enorme público. Foi só pela piada, não se preocupem. Ideias da menina Débora hoje à tarde)

Alguém quer saber as suas previsões? O meu quantos queres, que btw é verde, responde-vos a todas as questões. xD

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Já que ninguém aprova que eu seja loira

Então e se me apetecer ser ruiva? Também não deveria ficar mal de todo. Que vos parece? :P

As saudades que já tenho...

Dos timings perfeitos. Das conversas parvas nos intervalos. Dos amigos que se faziam no autocarro. Das caras conhecidas. De me sentir crescida sendo mais infantil e irresponsável do que agora. De ter o apoio mais próximo de toda a gente. De não ter de correr grandes riscos. De saber o que fazer, quando fazer, onde fazer.

(Sim, estou a ficar nostálgica e melancólica. Tenho medo do desconhecido, de ter que crescer muito depressa porque ainda me sinto tão criança...)

sábado, 18 de setembro de 2010

Preciso de colorir a minha vida.

Hoje já me apeteceu pintar o meu quarto, comprar vasos de flores e quadros mais modernos para a sala e o corredor ou pintar o cabelo e virar loira...

Acho que me apetece mudar, renovar tudo na minha vida. Crescer. Tornar-me responsável. Ter esperança. Criar. Sonhar como nunca...

Quero sentir-me menos vazia, mais colorida, mais viva!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Agora que já sei contra o que devo lutar... Quero que isto desapareça o mais depressa possivel, quero voltar a ter-te comigo como de antes. Só quero que tudo corra bem...

Sei que tentas dar-me muita força, mas tens que a ter também para ti. Já passaste por muito, já PASSÁMOS por muito. Não é altura de desistir!

domingo, 12 de setembro de 2010

Tempos de Faculdade

Entrei em Ortóptica na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa. Claro que fiquei um pouco desiludida por ter entrado em 2ª opção mas já estava à espera...

CALOIRAAA!!!

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Sinto que te estou a perder, cada vez mais. E o pior é não saber para o que é que te estou a perder. Com o que tenho que lutar...

Lisboa, again

Tu sabes, eu sei. Mais ninguém precisa de saber.
Apanhámos um comboio de Mem-martins até ao Rossio, numa viagem de meia hora nada aborrecida. Até gostei de passar por sitios novos :P
Quando saímos da estação fomos pelo lado contrário ao que era suposto. O nosso objectivo era passearmos no chiado mas... bem, quase fomos ter ao bairro alto, andámos por ali às voltas sem fazermos ideia de onde estávamos. Pensámos então seguir a linha do eléctrico, mas em vez de seguirmos até ao elevador de Santa Justa, onde viemos depois a descobrir que ele passava, fomos ter a uma descida estreita, numa rua sem saída. Aliás, saída havia, era um portãozinho verde fechado e uma grade à volta. Obviamente que saltámos o portão e fomos procurar um mapa. Finalmente fomos ter ao Cais do Sodré e lá arranjámos forma de ir ao Chiado. Fomos ao Starbucks nos Armazéns do Chiado e comemos um gelado no Santini. Framboesa, Manga e Açaí com banana, para provar. Tinha um sabor estranho do principio ao fim... (Acho que nenhum de nós sabe dizer se gostou ou não. Comeu-se!)

Foi só mais um dos nossos dias fantásticos, sempre rechados de sitios novos e aventuras para contar!

8.9.2010

Fui ao Chiado com a Joana Couto e com a Sara. Segunda visita ao Santini, desta vez em Lisboa... Avelã com meloa revelou-se uma excelente combinação, com um sabor tão natural que é demasiado NATURAL, quase como comer fruta gelada. Acho que continuo a preferir os gelados "artificiais" da Olá (frutos silvestres e chocolate *baba*). Bem, foi divertido, fartámo-nos de andar e ver lojas. Mexemos em tudo e não comprámos nada... (mulheres!).

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Ice cream day! :P

domingo, 5 de setembro de 2010

M.

Estou cansada do teu cansaço. Estou cansada da tua falta de interesse por tudo. Porque não podes estar bem, só por um dia? Não preciso de grande coisa, tu sabes, mas tão pouco é demasiado POUCO.

Did I say that I want you? 4-9-2010


É uma sensação que não consigo explicar. E é tão rara em mim que quando aparece não sei como lidar com ela. É algo puro, algo... forte, estranho, novo. Sabia que te iria apanhar despercebido com o meu "Amo-te" ao ouvido, ao som de Just Breathe dos Pearl Jam. Foi a primeira vez que o disse, e dediquei-o a ti.

Espero que o sentimento não seja tão raro assim. Espero dizê-lo mais vezes (e não ter receio de o fazer). Espero guardar na memória a expressão tonta com que ficaste, o ar surpreso e... feliz.

Gostei imenso deste dia, e ainda mais da noite. Por tudo o que partilhámos e pelos carinhos que trocámos, meu tonto.

sábado, 4 de setembro de 2010

6 meses juntos

Com um dia de atraso mas não deixou de ser celebrado da melhor maneira. Jantar romântico no Mc. Donalds e passeio nocturno por Cascais... sentados à beira mar a olhar as estrelas! Como poderia não ser excelente? E foi, uma noite perfeita, só nossa. Ah e espero que o desejo da estrela cadente se realize *.*

Obrigado pela noite maravilhosa, adoro-te!

02-09-2010


Foi dia de cinema com o João Costa. Gostei imenso do filme, até me pôs a chorar em algumas partes (sou sensível :P).
A mensagem presente no filme é muito interessante, pelo que consegue ser educativo e ao mesmo tempo bastante cómico. Vale a pena assistir!

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Desisto

de tentar combinar saidas com muita gente, só dá confusão e acabamos por nunca ir a lado nenhum (por falta de gente ou por falta de ideias):S

Estou orgulhosa de mim!


Dois feitos muito importantes:
1- ontem consegui completar uma música a jogar guitar hero (pela primeira vez!) em casa da Sara
2- hoje corri 2000 m em 10 minutos e 29 segundos (aqui sim está o verdadeiro orgulho)

P.S: Sou uma criança e contento-me com pouco.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Sandálias de Prata

Quando já não tenho nada para ler vou aos livros da minha mãe e é o que dá. (Diga-se de passagem... ela não tem assim muito jeito para escolher livros, até porque não tem paciência para ler os resumos)
Assim sendo, foi este o que escolhi desta vez. Cristina Caras Lindas. Podia ser pior, até não é assim tão mau como tudo isso. Um pouco lamechas como eu há uns tempos teria adorado, uma história de amor muito forte que depois acaba por misturar feitiçarias e magias negras. Já se está a ver o que vai estragar a história...

Próximo livro: Sinais do Medo - Ana Zanatti (Não estou com grandes expectativas, já agora) Boas leituras :)

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

P.

Mas quando decides crescer? Precisas de um puxão de orelhas, mudar de vida, sei lá! Só não quero que nos leves atrás de decisões sem sentido. Sonhaste tanto, tão alto, que agora não tens mais com que sonhar...
Agora a questão: porque tenho que ser eu a resolver os teus problemas? Toma atenção, a vida pode estar a escapar-te entre as mãos sem que te apercebas. Por favor...

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Modalfa Fashion Dream 2010 #2

Acabei por não participar, até porque não tinha com quem ir... Pode ser que para o ano me dê para isso, e vou estar melhor que nunca!

Fim de Semana no Alentejo

De todos os que ja passei, nunca tinha sido como desta vez. Foram dois dias especiais, na tua companhia... é claro! E gostei imenso de passar um tempo com a tua familia e conhecê-los melhor. A ida à piscina foi só rir, a comédia total! E nós a andar no meio do mato à procura da "lagoa"?

Meu Alentejano :P

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Modalfa Fashion Dream 2010

Bem, já há uns anos que ando com imensa vontade de ir... Mas acabo sempre por desistir da ideia, muito antes de sequer tentar. Este ano, mais uma vez, considerei ir por alguns momentos e continuo a querer aparecer por lá.
Para começar, é óbvio que não encaixo nos padrões de modelo e não tenho o mínimo jeito para fotografia. Portanto, logo por aí, prefiro não fazer figura de parva como aqueles que vão aos castings dos ídolos com a mania que sabem cantar.
E há ainda outra coisa... já não me bastava a falta de confiança em mim, ainda tenho que me preocupar com o meu nervosismo nestas coisas. Tenho a sensação que ao chegar lá iria desmaiar antes que alguém visse o meu (não) potencial.

É por estas e por outras que não arrisco em nada. Que vos parece?

domingo, 15 de agosto de 2010

Férias?

Mas afinal quando chega a minha vez de ter férias longe daqui num sitio bonito, cheio de flores, com praias e piscinas e nascentes e coisas que se pareçam?

Bem, vou ter que me contentar com umas quantas saidas por aqui e a possibilidade de ir uns diazinhos ao deserto (diga-se: montezinho Alentejano que fica no meio do nada) ver a minha tia que veio da Suiça e (possivelmente) ver o meu namorado que anda para esses lados...

Dolce Vita Tejo

Andei por lá umas horas e tenho a infeliz sensação que não vi nem metade, mas já estava meio cansada e doiam-me os pés dos saltos altos.
Nem acredito como não me perdi por lá. Nunca tinha visto um centro comercial tão exorbitantemente gigante... Bem, acabei por comprar uma camisolinha simples na loja da Modalfa, nada de mais... só queria era ter comprado um bikini, que é o que me falta!
Sem dúvida foi interessante e diferente, mas não tenciono voltar lá tão cedo. Para me encantar com roupa tenho outros mais pequeninos em que consigo localizar-me mais facilmente :P

Bem, acabei por comer um gelado de frutos silvestres e chocolate, o meu actual preferido da Olá. Quem já provou acho que pode dizer o quão delicioso é... (Sabor a frutos silvestres com bocados de chocolate, tudo misturado na boca... e não preciso dizer mais nada...)

Acabou por ser uma tarde bem passada com os meus pais...

sábado, 14 de agosto de 2010

The Last Airbender


Fui na quinta ver o filme... Para ser sincera gostei imenso! Não percebo assim muito de cinema, mas achei espectacular. Quando saí da sala do cinema fez-me querer ter poderes e controlar um dos quatro elementos, tal como quando era criança.

Mal posso esperar pelo próximo!

Bowling!

Sexta feira, 13 de Agosto.

Fui jogar bowling pela primeira vez! Foi super giro e (sorte de principiante) fiquei em 3º lugar, à frente de duas pessoas. Uma experiência bastante diferente daquilo a que estou habituada e que me surpreendeu pela positiva.


Adorei a noite e principalmente a companhia... Obrigada por virem assistir às minhas figuras tristes!

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Agradeço

A todos os que se preocuparam com a minha mãe e comigo em relação ao que se passou. Muito obrigado pelas palavras amigas e pela forma como me fizeram sentir o vosso apoio.
Já está tudo a voltar à normalidade... acho eu. (Como diz a minha mãe...) Um dia de cada vez. E hão-de ser muitos mais dias, lindos dias, alegres dias, dias ...

domingo, 8 de agosto de 2010

6-8-2010

Foi uma noite quente, de experiências novas, sem dúvida.
Surpreendentemente, este foi o dia em que fui pela primeira vez ao Santini em Cascais e gostei bastante (o gelado de framboesa era mesmo bom!. Além disso, foi a noite do meu primeiro shot! Nem me lembro do nome... mas sabia a morango e ardeu um pouco na garganta... (tinha mesmo álcool, uau, e não desgostei por acaso. Foi algo diferente...)
Foi especial, até pela boa companhia, e acho que não podia ter escolhido nem uma noite melhor nem melhores pessoas para partilharem comigo aquele momento. (Só faltavas lá tu sereiazinha, mas pensei em ti, fica descansada).

Repetimos? Da próxima espero que haja bowling à mistura...

Minha sereia,

tenho saudades tuas! Já não falamos desde aquele dia ao telemovel no meio de um barulho enorme que mal te ouvia... Já não sei nada de ti há algum tempo rapariga! Quero saber como está tudo a correr...

Gosto muito de ti, sereiazinha. Até um dia destes!

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Já imaginaram acordar e sentir que estava a acontecer algo bastante grave? E se se levantam... e se deparam com alguém a 'vomitar' sangue? Exacto, é horrivel.
E se essa pessoa for a vossa mãe? E se o sangue não parar? E se ...

Sim, isto tudo aconteceu... mas agora já passou (espero eu). Foi uma noite infernal e terrivel e, no fim de contas, bastante só. Restou-me limpar tudo e no fim deitar-me no sofá embrulhada num lençol e agarradinha ao peluche que me ofereceste, enquanto assistia a programas de televisão mega secantes.

Acho que a única coisa boa do dia foi estar contigo e sentir o teu apoio. O teu abraço foi-me essencial. A tua presença, reconfortante. Obrigado por teres estado ao meu lado neste momento... Adoro-te muito!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

A minha guitarra já tem nome:

Princesa. Que acham? Surgiu-me de repente e a minha mãe aprovou. O namorado riu-se e gozou comigo ao telefone mas acabou por concordar.
Desculpem mas é giro, Princesa!!!

Por fim,

Candidatei-me ao Ensino Superior! Escolhi uma data de cursos que não gosto lá muito, mas em que provavelmente entro, e dois que gosto muito mas provavelmente não entro. Não vos parece bem? Uma coisa é certa, se entrar fico na Escola Superior de Tecnologia de Saúde de Lisboa, visto que as seis opções são de lá. (Sim, chamem-me doida.)

Bem vindos ao Ensino Superior! É assim que começa para mim.

2-8-1010

Definitivamente, Belém é um óptimo local para se passear num dia de verão (que hoje foi ventoso, mas não importa). Fizemos cinco mesinhos de namoro, e que outro local eu poderia ter escolhido? Gostei imenso!
Fomos ver as exposições no CCB, sempre tão estranhas e que nos chocam cada uma à sua maneira, nada mau para nos pôr a pensar um bocadinho. Aquela casinha dos espelhos tão mágica, tão fora do mundo, tão diferente e marcante... dá-me vontade de lá voltar e ficar lá por um tempinho!
Adorei este dia ao teu lado, ainda bem que o passámos juntos.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Um misto de acção, romance e comédia


Com a melhor companhia, é claro!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa

Exactamente para onde eu quero ir! Fui lá hoje e aquilo é o máximo! As pessoas foram bastante simpáticas connosco e puseram-nos à vontade. Realmente é um mundo um bocado estranho, completamente diferente daquele a que estamos habituadas. No entanto, pareceu-me acolhedor e um bom local para começar uma "vida nova", por assim dizer.

Espero mesmo mesmo poder entrar lá :)

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Acho que gostava de te ter conhecido quando ainda eras divertido e a vida não se resumia só a trabalho. Já mal falamos durante dias, o que nem digo que me custe porque me habituei facilmente à nossa forma de comunicação durante todos estes anos. Só não quero que te afundes demasiado e nos deixes tão fora da tua vida.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Afinal,

O que é o amor?

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Não nos afoguemos em esperanças que podem ser vãs, mas é um começo. Estás a conseguir combatê-lo a pouco e pouco, com bastante sofrimento é certo, mas tudo há-de passar.
Sabes, és das pessoas mais fortes que conheço e sei que vais superar tudo isto. Tenho muito orgulho em ti. Não desistas desta luta por todos os que gostam de ti. (Eu sei que não irás desistir).

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Definitivamente,

Não sou uma miúda do desporto. Não sou alguém que goste de grandes correrias e de andar imenso, como ontem. Bolas fiquei toda partida! Como é que há pessoas que aguentam correr tanto?
Ainda o que salvou a manhã foi a companhia... Quase me esquecia que estava a correr. Irrita-me ser assim contigo, quando tu sempre foste e és minha amiga. Desculpa-me por tudo!

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Gosto de ti

És aquele rapaz distraído e meio desastrado que me faz rir constantemente. Aquele rapaz tímido e envergonhado, que não é nada disso quando está comigo. Aquele rapaz do sorriso lindo, dos olhinhos verdes, fofinho, carinhoso e romântico.
Gosto de ti assim, sem tirar nem pôr.

Hoje foi daqueles dias perfeitos em que me senti mesmo próxima de ti. Adorei cada momento, meu tonto. Sabes, fazes-me mesmo bem :)

Afinal,

O Alentejo não é assim tão mau... Aranhinhas à parte, até se torna um pouco melhor.
Acho que já tinha saudades da minha avó Joana, coisa que antes era raro. Parece que agora até tenho mais gosto em visitá-la do que antes...
De momento, a grande preocupação dela quando lá vou é não ter nada para me dar, como antigamente, então embrulha umas bolachinhas num saco e oferece-mo, juntamente com 2 tampinhas. A sério, fiquei quase emocionada... Como é que mesmo estando num lar continua a lembrar-se de guardar tampinhas para me dar, como lhe tinha pedido há uns anos por causa do "projecto tampinhas"? Não é querida? :)

sábado, 17 de julho de 2010

'Feliz? Mas quem é que é feliz?'

Ontem acabei de ler Alma de Pássaro, de Margarida Rebelo Pinto. Pareceu-me bastante interessante, pelas descrições não muito exaustivas e pela forma como a história é abordada. Gostei particularmente da forma como fala acerca da maternidade e do amor, pelo que me levou a reflectir e a rever a forma como lido com estes assuntos.

«A felicidade é a coisa mais irritante do mundo, uma utopia idiota e hipócrita, inventada por um cretino qualquer. A felicidade é uma coisa insuportável, um mito incómodo que só serve para nos fazer sentir ainda mais infelizes.»

(Alma de Pássaro, Margarida Rebelo Pinto)

Alentejo

Este fim-de-semana vim dar um saltinho cá "abaixo" ao sul do país e só vim porque tinha mesmo que ser. Isto é desértico, não há gente da minha idade nem nada para fazer. Estão uns agradáveis 36ºC e encontro-me acompanhada por algumas novas "amigas" que são as aranhinhas (sim, eu tenho mesmo muito medo de aranhas).
Conclusão: quando cheguei não me conseguia sentar, ou deslocar-me até à casa-de-banho.

Ah e tal, o Alentejo é muito bonito, mas não é para mim. Pelo menos não o é a terriola pequenina em que me encontro. Já agora, só para terem uma ideia... o hospital fica a cerca de 40 km e a praia a uma hora de distância. Tenho, para me entreter, uma magnifica televisão de 4 canais e um rádio que não apanha muitas frequências, visto que isto é o Alentejo, obviamente.

Ainda bem que já inventaram os computadores portáteis!

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Another Perfect B Day

Foi nosso, só nosso. Já tinha saudades de quando fazias o meu coração acelerar tanto e do tempo em que os nossos sorrisos estavam em sintonia. Adorei, meu amor!

Já está decidido

Vou-me candidatar ao curso de Dietética e Nutrição na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa, em primeira opção! (Provavelmente não tenho média, mas não custa tentar!)

Férias!

Desde ontem que estou oficialmente de férias. Já fiz os exames todos que tinha a fazer e agora é só esperar pelos resultados... (que não me parece que sejam bons, visto que o teste não me correu lá grande coisa, e em vez de chamar ao senhor "Freire" chamei-lhe "Ferreira", devido a uma branca no meio do exame).
Agora é aproveitar todo o tempinho para namorar, sair com os amigos, fazer o meu ponto cruz e praticar com a guitarra. Quanto menos televisão e computador melhor, para não desperdiçar energia e salvar o planeta :P

terça-feira, 13 de julho de 2010

É amanhã

Estou a ficar mesmo nervosa para o exame de amanhã. E além disso já me veio o tal arrependimento de não ter ido na primeira fase... que treta!
Acho que vou meditar ou algo assim. Pelo menos para ver se fico mais calminha.

Desejem-me boa sorte, bem preciso!
Tenho o cérebro desarrumado. Um dia destes tenho que deitar para o lixo o que já não interessa e guardar numa caixa enfeitada os momentos mais memoráveis.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Eu tenho culpa,

Porque estou a ser má para ti. Já não falamos quase nada, excepto sobre o outro. E eu tento não falar sobre o meu outro, para não me julgares ou dizeres que sempre que posso vou com ele e te deixo para tras.
Não sei, sinceramente não sei o que me faz afastar-me tanto de ti e do que éramos. Mas acho que não é so de ti, é de toda a gente. Estou mais uma vez a ficar sozinha e a sentir-me vazia...
Já aconteceram muitas coisas entre nós, tantas que já me esqueci de grande parte delas, como costumo esquecer-me de tudo na minha vida (e por isso fico só e vazia). E por mais comprimidos para a memória que possa vir a tomar, muitos destes perfeitos momentos que vivemos não voltam à minha caixa de recordações.

Sim, eu tenho culpa porque te estou a perder. No teu caso, acho que já me perdeste há algum tempo... Não quero magoar-te mas não me sinto tua amiga, nem presente para te apoiar, nem nada. Será por causa do(s) outro(s)? Eu acho que não, mas talvez no meu inconsciente se trate disso mesmo.

sábado, 10 de julho de 2010

Hoje foi dia de Sintra,

Com algumas quedas à mistura, por causa dos patins em linha. Apesar de tudo, diverti-me à grande e sempre em óptima companhia!
Além do mais, aprendi a tocar duas músicas na guitarra e já estive a praticar. Sabem, acho que até estou entusiasmada com a ideia de ter algo para me ocupar os tempos livres durante as férias.

Exames Nacionais, Round 2

Bem parece que não preciso repetir o de Biologia e o de Matemática, menos mal. Embora estas notas me lixem a média de candidatura, não quero saber. Tento com o que tenho, e logo se vê.
De momento, tenho é que me preocupar com o exame de Português... Ou tenho 13,5 ou não sei o que me faço! Agora a pergunta que muita gente faz e eu também não sei responder: O que é que se estuda para Português? Não sei bem, mas tenho que descobrir depressa ou isto não corre bem.

Desejem-me sorte ;)

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Lost?

Como posso ter tanta falta de interesse em tudo? Fico-me pela sofá à frente da televisão e chega-me. Não chega, mas faço de conta que sim.

Não sou daquelas pessoas que gosta de se distrair com o seu instrumento musical, que tem o hábito de dançar ou de fazer exercício, que sai de casa para ir ter com os amigos, que vai passear aqui e ali, que vai ao cinema todas as semanas, que come no McDonalds, que estuda para os exames, que joga plastation com os irmãos, que vai à praia com a família, que gosta de pintar, que tem a sua equipa de um desporto qualquer, que ajuda muito em casa, que escreve poesia para passar o tempo, que telefona aos amigos e conversam durante horas, que não tem medo de insectos, que vai viajar pelo mundo nas férias, que já experimentou imesos desportos radicais, que gosta de assistir a competições de carros, etc.

(No meio disto tudo... afinal que raio de pessoa sou eu?)

Não espero dias perfeitos,

Apenas dias bons, em que os sorrisos são de ternura e os beijos mais que muitos.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Finalmente,


Acabei de ler o Memorial do Convento. Claro que com algumas descrições passadas à frente e assim, mas é certo que cheguei à última palavra. Quanto me custou aquele ponto final a chegar, nem sei. Desde o Verão passado que andava de volta dele, mas com tanta paragem esquecia-me do que já tinha lido e voltava ao princípio.
No final, acabei por sorrir ao fechar o livro.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Está calor!

Estou com a sensação de que o meu cérebro vai derreter.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

'Somente a pessoa que corre riscos é livre!'

'Rir é correr risco de parecer tolo.
Chorar é correr o risco de parecer sentimental.
Estender a mão é correr o risco de se envolver.
Expor seus sentimentos é correr o risco de mostrar seu verdadeiro eu.
Defender seus sonhos e ideias diante da multidão é correr o risco de perder as pessoas.
Amar é correr o risco de não ser correspondido.
Viver é correr o risco de morrer.
Confiar é correr o risco de se decepcionar.
Tentar é correr o risco de fracassar.

Mas os riscos devem ser corridos, porque o maior perigo é não arriscar nada.'

(Séneca)

Desenhos

Sempre me interessei bastante por moda, e tenho algumas ideias inovadoras que nunca consegui passar para o papel.
Decididamente não sei desenhar nada de jeito, mas fiquem com o meu melhor desenho de sempre!

Apesar de não ser inovador, ou tantas outras coisas que lhe falta ser... Sinto-me um bocadinho orgulhosa.
Estou só a experimentar coisas novas :P

Só boas influências!


Vou aprender a tocar guitarra clássica. (Influências do namorado, obviamente)
Já trouxe a "coisa" da garagem, falta arranjá-la e começar a praticar.

Vai ser o meu brinquedo para as férias... Desejem-me sorte!

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Quer dizer

Eu tenho que ouvir milhentas coisas desinteressantes que me digas, e apoiar-te em todas elas, bla bla bla, horas e mais horas, ao sol, à chuva, no msn, na praia, na escola, em todo o lado, a toda a hora.
Quando sou eu... a resposta é sempre parecida, variando entre "fixe, bom para ti" ou um simples "ok".

Depois não te queixes!
Será que seriamos verdadeiramente felizes se todos os dias fossem felizes? Bem, nunca seria possivel o conceito de felicidade se não tivessemos experimentado a tristeza nem uma única vez, portanto à partida esta ideia fica logo posta de parte. Mas imaginando que era possível... quando algo muito bom nos acontece, não sabe melhor depois de termos ficado tristes por causa disso?

A dias tristes seguem-se dias felizes. Não podemos é perder a esperança!

Estou farta

de estar parada, de estar presa ao chão. Farta de me sentir miseravelmente aborrecida e infantil e uma atadinha do pior. Farta de me sentir ridiculamente diferente dos outros, desinteressante, com tendência para deprimir, tímida, cínica, irritante. Farta de ter pena de mim sem ter necessidade ou razão para isso, como hoje, como agora.

(Esqueçam, desabafo idiota, as always)

Preciso de arriscar mais

ter algo para contar, deixar-me ir na corrente, viver a vida!

30 de Junho de 2010


Foi dia de 'Eclipse'. O terceiro filme da Saga Twilight estreou hoje nos cinemas... e pareceu-me melhor do que o que esperava. Teve cenas bastante cómicas e também algum romance, o que tornou o filme muito interessante. Ah e os actores bonzões e sem camisa também o tornaram tão agradável de assistir, tanto que grande parte das raparigas que estavam na sala dos cinemas queriam estar no lugar da "Bella" para ter aqueles dois rapazes a protegê-la...

Estou TÃO curiosa para o próximo filme!!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Dia de praia

Ontem fui com a Débora à praia do Tamariz, isto supostamente. Acabámos por ir ter à praia do Monte Estoril, um local não muito indicado para passar uma tarde tranquila na praia, isto porque é bastante pequenina e há sempre muita gente.
Bem, não importa. Foi uma tarde bastante divertida, apanhámos montes de sol, encontrámos muita gente conhecida e entrámos nas confusões dos comboios e autocarros, o que até acabou por ser engraçado.
Não diria que nos aproximou muito... mas definitivamente não dos distanciou ainda mais.

Há coisas

que não devem ser reveladas. Pior ainda, há coisas que não devem sequer ser pensadas ou sentidas. Ou não sentidas (sim, isso é definitivamente pior). Mudei, mudámos, temos apenas que aceitar isso da melhor forma que nos for possivel...

terça-feira, 29 de junho de 2010

26 de Junho de 2010

Já tinha ido várias vezes a Sintra, e nunca me pareceu como neste dia. A tua companhia tornou o dia tão perfeito, tão cheio de sorrisos e novas experiências que nunca me imaginei a ter, como quando andei de patins em linha durante uma hora inteira sem cair ou quando passámos a linha do comboio ou ainda quando nos deitámos no meio da estrada de mãos dadas. Senti-me novamente próxima de ti, completamente parva de alegria.
No final do dia, terminámos em grande: P.S. I Love You, como sobremesa.

Foi sem dúvida um dia diferente; Simples, Perfeito.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Treta de Candidaturas à Universidade

Há sempre aquela pressão para ir para a Universidade, tirar um curso importante e arranjar um emprego perfeito onde se ganha montes de dinheiro...
E se não for bem assim? Fiquei a pensar se queria realmente ir para a Universidade perder tempo com algo que talvez não goste em vez de tirar um curso de massagista e estética, que são as coisas que realmente me fazem sorrir... Já tinha deixado essa ideia de parte, mas talvez não seja tão errada como tudo isso.

Estou cada vez mais confusa!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Exames da treta

Bem, hoje foi o tal Exame Nacional de Matemática. Nada mau, para algo com esse nome. Achei acessível, simpático e não me correu tão mal como esperei. (Pior, pior é não ver a última pergunta do teste. Simplesmente não ver, como se ela fosse invisível.
Lá se foram 2,5 valores...)
Segundo os meus cálculos, deve rondar os 13 valores, pelo que estou a contar com um nota abaixo dessa (nunca se sabe o que os professores correctores vão achar dos disparates que lá estão escritos). Nada mau, se assim for!

Próximo: Português, 2ª fase. Algo me diz que me vou arrepender de não ter ido à primeira. Logo se vê...

Goleada Portuguesa

«Os golos são como o ketchup, quando aparecem vêm todos de uma vez!»
(13-06-2010, Cristiano Ronaldo)

Não faço ideia quem apertou o frasco do ketchup, mas realmente... 7-0 é obra! Já estavamos todos a precisar de uma vitória como esta, fez crescer uma nova esperança de passarmos à fase seguinte. Esperemos é que o ketchup não tenha saído todo agora e tenham deixado alguma coisa para o jogo com o Brasil. Depois desse, há que comprar uma embalagem nova, com certeza... Quem sabe que surpresas nos irá trazer este mundial!

Hoje renovámos o nosso orgulho em ser portugueses, vamos ver por quanto tempo o mantemos. Sobe equipaaaa!

domingo, 20 de junho de 2010

Desisti

de tentar entender a Matemática. Amanhã farei os possíveis para que o exame corra bem. Desejem-me sorte, e boa sorte para vocês.

(Ana Vs Matemática, que ganhe o melhor!)

sexta-feira, 18 de junho de 2010

R.I.P. José Saramago

«(...) a pele é tudo quanto queremos que os outros vejam de nós, por baixo dela, nem nós próprios conseguimos saber quem somos.»
18 de Junho de 2010, o dia que ficará na memória. Quando os nossos filhos e netos nos falarem no grande escritor José Saramago... lembraremos como foi o dia da sua morte, as notícias nos telejornais e nas rádios... Deixa-nos então com as suas obras, que foram a sua vida...


R.I.P. José de Sousa Saramago, 1922-2010

Tarde com a Matemática

Se há coisa que eu simplesmente adoro, mas adoro, é dias inteirinhos a estudar matemática, ou no meu caso a travar amizade com ela, sem grandes relacionamentos: um exercicio ou outro, dos que me parecem mais fáceis (não é preciso mencionar a ironia presente nesta frase, ou é?)
E a sorte (ou azar!) da senhora Matemática foi exactamente o facto de eu ter a paciente e grande amiga Soraia, para me auxiliar (resolver) grande parte dos exercicios, porque eu não pesquei nada daquilo.

CONCLUSÃO 1: ou eu começo a estudar a sério, ou vou ter uma maravilhosa negativa neste exame.
CONCLUSÃO 2: estou a dizer isto mas não quer dizer que vá estudar mais, apenas que tenho perfeita consciência de que o deveria fazer.

Continuação de bom estudo, para todos os que pacientemente lêem o que me vem à cabeça. Obrigada ;)

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Um já passou.

Acabou o sofrimento com a Biologia e Geologia! Segundo os critérios consultados no site do GAVE (grrr) ronda os 10,1 (que não acredito que terei, mas pronto, sempre dá uma esperança).

Próximo? Matemática. Agora se me dão licença vou pintar as unhas...

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Em tempo de guerra não se limpam armas.

As únicas partes boas dos dias de exame são as escapadelas para namorar. Já tinha muitas saudades e adorei o tempinho (pouco) que tivemos. (Além disso, aproveitei para estudar a mitose e a diferenciação celular pelo caminho, pelo que do ponto de vista de um ESTUDANTE, não foi uma total perda de tempo.)
Ah, decidi não ir à 1ª fase de Português, e depois? Já disseram que era fácil e bla bla bla, mas agora não há nada a fazer. Dia 14 de Julho, lá me espera o examezinho em cima da mesa e provavelmente uma sala vazia...
Em contrapartida amanhã vou repetir o exame de Biologia e Geologia, armada em campeã, sabendo à partida que não tiro mais de 10. Se não fosse não fazer a mínima ideia do curso para onde ir... acho que deixava a nota como estava (poupava trabalho, dedicava-me mais ao Português e não estaria nesta situação).
Pronto e é isto, seca de vida de adolescente na altura em que o trabalho não anda em crise.

Boas batalhas, havemos de vencer a Guerra!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Friends forever?


Tenho medo que, ao deixar de estar com os meus amigos no dia-a-dia, algumas coisas mudem nas nossas relações. Sei, por mim, que não costumo dar o primeiro passo, não gosto de ser eu a tomar a iniciativa de falar com as pessoas... muitas vezes, por mais que me custe, prefiro ficar à espera que me falem, que liguem, que convidem para saídas... Isso faz com que tenha alguma dificuldade em manter amizades, o que não queria nada que acontecesse convosco!

Vamos tentar tornar estas férias perfeitas e inesquecíveis! Não quero que seja uma despedida, mas se for espero que seja em grande!

sábado, 12 de junho de 2010

Exames

Apetece-me viajar no tempo até à altura em que alguém não tinha nada para fazer e criou essas malditas coisas -.-

Bom estudo gente! Depois disto... estamos prontos para qualquer coisa :P

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Baile de Finalistas - A noite

Foi uma noite um bocado estranha. Não foi completamente mágica ou perfeita... gostava de ter compreendido o meu estado de histeria misturado com desilusão ou algo assim. Senti-me ridiculamente patética, o que não foi agradável.
Ao jantar, uma bela conversa de circunstância, sem grande importância. Estive pouco com os meus amigos, falei pouco e o que falei devia ter ficado calada.
De qualquer modo estavamos todos lindos e maravilhosos e com os pés doridos dos saltos altos.

Perfeita perfeita foi a valsa em cima da ponte... cada vez que me lembro fico meio arrepiada. Foi um momento tão romântico, tão só nosso. Não me importou se dançavamos bem, se a postura estava direira, nada disso. Éramos tu e eu, seguindo o ritmo da música como um só. Adorei esse momento :)

No baloiço, senti a liberdade e a inocência de ser criança... Para cá e para lá, ao sabor do vento.

Depois tivemos a nossa pequena "aventura", todos a correr para chegarmos à estação dos comboios de Sintra para apanharmos um taxi para casa. Eu nem fui a casa, tive a sorte de ter um namorado simpático com uma família simpática :P E pronto, foi assim que passamos a noite juntos, agarradinhos (na cama dele) e fizemos uma directa.

Acabou por ser uma noite bastante agradável, cheia de surpresas e romance e música e dança. Adorei a companhia, não poderia ter sido melhor para aquela noite... obrigado por teres (e por terem) tornado esta noite tão bela.

domingo, 6 de junho de 2010

Baile de Finalistas


É amanhã... Tirando o facto de estar com a cara deformada por uma estupida de uma borbulha enorme... acho que não vou estar assim tão mal.
Tenho urgentemente que fazer uma porcaria de uma lista de tudo o que não me posso esquecer de fazer ou levar :S Que secaaa
Ah ainda não vos mostrei os meus sapatinhos... vou ficar com quase 1.70 cm!

Estou a ficar ansiosa, espero que corra tudo bem!

Ups

Parti um espelho :S
Conseguem acreditar? Eu, Ana Rita Miguel, estava muito bem a pegar no espelho para escolher a maquilhagem para o baile e puff, lá caiu a coisa no chão e ficou todo rachado. Bolas, bati 3 vezes na madeira e só eu lá em casa é que lhe toquei, já chega de azar (que o diabo seja cego, surdo e mudo!) aqui por casa!

Segundo os mais supersticiosos partir um espelho significa ter 7 anos de azar. Os mais pessimistas dizem que ao partir um espelho onde costumamos ver o nosso espelho reflectido, destroçamos a alma. Será? (Medooo)

Gente, desejem-me sorte para os próximos 7 anos

sábado, 5 de junho de 2010

Preciso urgentemente

De ver se fico minimamente bonita e apresentável para o baile. Creio que vai ser dificil, que ódio!

quinta-feira, 3 de junho de 2010

3 meses contigo 02/06

Dias contigo são sempre tão bons... Onde quer que estejamos, simplesmente gosto de estar contigo e nem dou pelo tempo passar. Nunca pensei vir a ter namorado este ano, muito menos que fosses assim... fizeste-me mudar bastante, na forma de pensar e de ver as coisas. É incrível como sinto que te conheço à imenso tempo, e como estes 3 meses passaram tão depressa e foram tão bons. Fazes-me sentir menos sombria e um pouco mais viva.
Desculpa por vezes as minhas dúvidas e incertezas, sabes que sou uma tontinha. O que vale é que todas elas se dissipam quando estamos juntos.

Já passámos por algumas coisas juntos, já descobrimos tanta coisa, e sorrimos em tantos momentos, já me fizeste chorar, deste-me a conhecer um novo mundo, mesmo dentro de mim. Levaste-me a arriscar, a confiar, a deixar-me levar, a perder o medo de me expôr demasiado, a entregar-me a ti, de certa forma. E penso que também aconteceu o mesmo contigo, ou algo parecido.

Por agora, não me quero separar de ti. Há tantas alturas em que penso em ti, e gostava de saber que pensas também em mim. Há coisas que não gosto de fazer, como dizer estas coisas pirosas, mas é o que sinto e o que me apetece dizer-te hoje. Espero que não te fartes de mim, por agora, e continues a querer estar comigo...

Obrigado por todas estas tardes de sorrisos e de beijos e de abraços e de conversas tontas. Adoro-te

domingo, 30 de maio de 2010

RiR?

Gostava de ter ido ao Rock in Rio. Obvio que não fui, nunca tenho oportunidade de ir a eventos como este, nem parecidos sequer. Deve ser muito mais giro ficar em casa a olhar para as paredes, ou a ter aula de EMRC... Ver na televisão não me parece tão divertido mas pronto, tem que servir.
Bem, contento-me com os testemunhos de quem foi... É a vida!

Festival Eurovisão da Canção


Gostei imenso da escolha das músicas este ano. Acho que poderiam ter ganho imensas, excepto a que realmente ganhou, que não achei nada de especial.
À partida, é fácil adivinhar que a canção portuguesa não obteria uma pontuação muito elevada (como sempre) mas o que conta é a nossa presença, o resto é acessório. Tirando isso, acho que a Filipa Azevedo cantou muito bem e mereceu estar ali.
Penso que foi um espectáculo interessante, cheio de cor e brilho, e algumas músicas absolutamente incríveis. Parabéns a todos os participantes :)

Como sempre, adorei ver o festival. Para o ano há mais!

sábado, 29 de maio de 2010

O dia de ontem é para recordar

28-05-2010

Já tinha saudades destas festas assim. Diverti-me bastante, quer a jogar matraquilhos (bastante mal), quer a dançar. Não me senti foi muito próxima dos meus amigos, mas as pessoas mudam, e há sempre algo que se perde pelo meio...

O dia contigo foi ainda melhor. A praia estava óptima e o tempo passou mais do que a correr. Quando dei conta já estava na hora de irmos embora
Tivemos juntos por 17 horas seguidas... e não me fartei de ti. No final da noite, senti-me absolutamente feliz, com um sorriso tão parvo que nem acredito que não o conseguia controlar. Estar nos teus braços, àquela hora, pareceu-me tão agravável, que não me apetecia que acabasse. Não queria que fosses embora...

Quinta-feira, 27 de Maio

Simplesmente, acho que é um dia para esquecer.

Quarta-feira, 26 de Maio


Hoje apresentámos finalmente o nosso projecto de AP sobre os cinco sentidos. Correu bastante bem, acho. Espero que (se não der para o 20) possa ter 19 no final do ano.

Depois disto fui para casa da Débora. Foi um pouco atribulado até chegar lá, porque começámos com as nossas habituais e inevitáveis discussões sobre responsabilidade e tempo. No entanto, depois de chegarmos a casa dela, correu tudo pelo melhor. Entretivemo-nos a escolher roupas e a pintar as unhas de várias cores. O resultado foi o esperado: 11 vernizes, uma unha de cada cor, o nome dela escrito com verniz branco e a ajuda de um palito, uma estrela em cada polegar. Muito piroso, tal como nós gostamos. Prometi levar para a escola na quinta, e foi o que fiz. Acho que ela gostou da tarde e se divertiu, tal como eu.

(Estamos ambas a fazer um esforço. Espero que resulte até ao final do ano.)

Não foi um grande dia... mas foi bom.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Uma hora é suficiente.

Hoje aprendi a respirar pelo nariz. A melhor parte do dia, a meu ver... não foi fácil conseguir um sorriso, mas mais um beijo ou um carinho e conseguiste por me um sorriso de orelha a orelha, fizeste-me sentir bem.
Nessa hora que passámos, que pareceu a ambos muito menos tempo, sentimo-nos a aproximar cada vez mais de dia para dia (agora nem todos os dias impares são maus), e tudo se torna um pouco mais intenso. Pareciamos estar mesmo em sintonia, num sincronismo de movimentos que só nós pudemos apreciar.

(Sem querer ser repetitiva...) Adoro-te.

(P.S: Texto escrito por Ana Miguel e por Rúben Simão)
O dia começou deprimente. Fui egoista mais uma vez, sem me aperceber. Acho que só agora percebi a força da minha mãe e o insignificante que os meus problemas lhe deviam parecer. É por causa do meu pai...
Alguém faz ideia de como é ter alguma coisa de errado, mas não saber ao certo o que é? Bem, ca em casa há duas pessoas com esse problema, ao que parece. E a outra que falta (eu) parece não dar importância nenhuma a isso. Sim, sou insensível e egoista... nada de novo.

(Peço desculpa, Mãe, Pai, gosto muito de vocês e quero que tudo corra bem. Sim, acho que estou preocupada com o que se está a passar, mas acredito que vai correr tudo bem e não é nada de grave... Um dia serei capaz de pensar mais em vocês, espero)

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Com autorização... B

é outra história. Menos louco e mais controlável... nem 8 nem 80! :P
A tua companhia é sempre óptima, e quando danças comigo então... lol
Ah já para não falar das nossas típicas conversas que me fazem sorrir e chorar ao mesmo tempo, só mesmo tu!

Amiga (outra vez)

Já não estamos chateadas. Uma conversa em que confesso os meus erros todos e fica tudo resolvido. Vamos lá ver se é desta que aprendo. (Ela acredita que eu sou capaz, logo eu tento acreditar tambem).
Conclusão: Temos conversas pessoais e vamos à praia juntas na quarta-feira.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

O número 37


Não é de agora que alguns amigos meus começaram a ter uma estranha obsessão com o número 37, vêem-no por todo o lado, nos relógios, nas ruas, tudo e mais alguma coisa que se possa imaginar.
Ora bem, como também eles já me "pegaram" esta obsessão, fiquei curiosa em relação ao mistério do número 37 e quis descobrir algo interessante...

Descobri, por exemplo, que o 37 é mais curioso do que nós pensávamos... alguma vez repararam que os números 111, 222, 333, 444, etc. são todos múltiplos de 37? Pois, parece que sim. Podem tentar multiplicar o 37 por 3, 6, 9,... (seguindo a sequência) e irão obter estes mesmos números.

Bem, espero que tenham achado interessante a minha pequena pesquisa :P
(Até parece que não tenho mais nada que fazer)

E cuidado que o 37 anda aí à espreita...

(P.S: A foto é do portão da minha casa, lote 37)

domingo, 16 de maio de 2010

Um sorriso é tudo o que basta para uma madrugada mais do que perfeita.
Senti que confias em mim... Senti-te tão próximo de mim, que fui capaz de falar ao teu coração...
(Desculpa pelas palavras que me causam arrepios) e obrigado pelas coisas inexplicáveis que me fazes sentir.

É por tudo isto que eu te adoro, Meu tonto.

sábado, 15 de maio de 2010

Criatura da Noite

Do nada lembrei-me desta musica a meio do jantar. Depois fui ouvi-la no youtube e pus-me a dançar...

Gente, divirtam-se! (e aproveitem para queimar umas caloriazinhas... ahah)

http://www.youtube.com/watch?v=ai2xTT3-Drs

sexta-feira, 14 de maio de 2010

E não, ainda não foi hoje

Na segunda feira, talvez, ou por carta, ou por msn, facebook ou outra rede social qualquer. (agora a internet facilita muita coisa)
Ou quando calhar, não faço ideia.

Quanto mais alto se sobe

maior é a queda.

Para ser diferente...


Decidi partilhar convosco um texto que li e achei interessante. De certo modo marcou-me, a história, a situação e o próprio ambiente que é descrito.

«E, no entanto, tudo como se continuasse. O silêncio fluvial, a vida cruel por ser vida. Como no hospital. Dizia nunca esquecerei, e hoje lembro-me.»
Morreste-me, José Luís Peixoto

Se quiserem ler o resto: http://bemaior.files.wordpress.com/2009/11/morreste-me_jose_luis_peixoto.pdf

Leiam e apreciem! ( ou então não leiam, façam como vos apetecer)

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Dói-me a cabeça. Às vezes nem me reconheço... para onde fui? Quanto mais tento perceber o que mudou... mais confusa fico.
(Estou farta de posts deprimentes)

P.S. Esqueçam, foi só um desabafo.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Depois de amanhã, talvez.

Como pedir perdão por ter feito algo que penso não ser errado?
Não consigo sequer pensar nas palavras que devo usar, não quero magoa-la ainda mais.
Já pensei várias vezes em pedir-lhe desculpa/implorar perdão ... mas bolas! Agora estou bem... não posso ser um pouquinho egoista? (estaria a ser bastante egoista...)

Estás mal, e eu quero que fiques melhor. Sem querer... magoei-te ou algo assim e agora tenho que compensar, não há outra saída.

(Estou a tornar-me numa má pessoa?) (Sim, cada vez duvido menos disso)

sábado, 8 de maio de 2010

Bolo de iogurte

Quando faço bolos não costumam ficar bem. Desta vez, não sei se foi do carinho que lhe demos, parece que não correu mal de todo (Pudera! Duas horas inteiras a tratar do bolo...)
O tempo passou tão depressa que nem dei por ele... parece que o esgotei todo muito depressa e já eram horas de me ir embora.

Adorei a nossa tarde. Foi perfeita , como sempre.


P.S - Da próxima vez fazemos um de laranja... (ah e acabamos de ver o filme).

Se pudesse voltar atrás...

1. Não tinha ido à festa do Fred.
Isto porque ser desprezada não é lá divertido... e continuo a não gostar de jantares assim. Senti-me afastada de tudo e de todos...

2. Não tinha falado com o meu pai sobre certos assuntos.
Há coisas que não vale mesmo a pena... vais sempre contradizer-te e fazer monólogos idiotas a tentar fazer-me ver o quão errado é eu ser como tu gostas que eu seja (sim, é contraditório) só porque não me conheces. Ou então, passo a "ouvir e calar", ponto final.

3. Não tinha dito certas coisas da boca para fora.
Simplesmente falo demais, e depois arrependo-me do que digo. O pior é não saber como mostrar que estou arrependida e pedir perdão (até porque não sei até que ponto o quero fazer). Hoje vi como sofres desde sempre e sinto-me um pouco mal por fazer o que fiz (que não foi mau, mas tendo em conta... até pode ter sido).

Porque é que eu sou assim?

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Apaixonei-me pelo teatro para este texto:


Pam, pam, pam, pam, pam, pam.
Pam. Pam. Pam.
Toda uma confusão de público e actores, de falas e personagens, de roupas e de acessórios, de cenários, de luzes, de expressões corporais. Sim! O Teatro, um bem tão precioso na formação da nossa cultura e uma arte tão digna de ser apreciada por todos.
Cada representação é como se uma nova pessoa se formasse, ali, diante dos nossos olhos! Mais um vestido de lantejoulas, mais plumas ao pescoço, mais uns sapatos cor-de-rosa, está a personagem criada! Decoram-se as falas, muda-se o tom de voz, e somos livres para explorar o palco através de outros olhos, diferentes dos nossos, sempre dando o nosso toque pessoal…
O que é o teatro se não um misto de sensações?
O que nos transmite cada peça faz-nos reflectir, ou por ser entusiasmante e divertido, ou por ter o seu cariz mais crítico, social ou político, ou ainda por ser uma concentração dos dois, expressando as ideias que lhes vão na alma. Assim sendo, trata-se de arte - sem dúvida! - este “fazer Teatro”.
E fechamos as pálpebras três segundos. Já mudou o cenário e os actores no palco… O público não saiu do sítio, mas parece estar agora bem longe, dentro de uma história qualquer que lhe surge diante dos olhos… Imagina-se já aquela menina uma princesa de um reino encantado… à espera do seu príncipe. E porque não? Teatro é imaginação!
É preciso mais luz para o actor no centro do palco! - Ali todos são artistas, dignos e fiéis à sua profissão. - Sim, agora está óptimo.
Continuam as falas disparatadas e os risos estridentes da plateia… (Tenho pena que as pessoas não venham mais ao teatro…). Batem palmas exaustivamente, assim é que se quer. É porque gostaram do espectáculo.
Fecha-se o pano e apagam-se as luzes. Amanhã há mais Teatro!

quinta-feira, 6 de maio de 2010


Hoje tenho que fazer a minha apresentação oral de Português sobre o tabagismo, principalmente na adolescência. Quero ver se alguém da minha turma ganha cabecinha e pára de fazer asneiras.

NÃO! ao consumo de Tabaco.

Há coisas que não era suposto acontecerem.

Será que o que fiz foi assim tão grave? Apenas...
Bolas! Não queria que ficassemos assim, mas já estou farta das tuas birrinhas e estou a ignorar-te um pouco. Não, não vou atrás de ti, nem nada disso.

Não consigo deixar de pensar nesta situação... Por um lado compreendo-te, embora não saiba ao certo o que pensas e sentes. Mas ao mesmo tempo acho que o que fiz não foi assim tão mau para estares a reagir assim.

Pensei que fosse algo passageiro, mas o dia de hoje mostrou-me que não, é bem pior do que pensava. Acho que já não quero saber (quero, mas não sei se deveria).

Isto tudo é tão complicado...

domingo, 2 de maio de 2010

Feliz dia da Mãe!

Obrigado Mãe, por tudo. És a melhor pessoa que já conheci até hoje, a mais carinhosa, a mais querida, a mais preocupada e a mais presente. Nunca poderei retribuir tudo o que fizeste por mim, desde o nascimento até hoje, por tudo o que passámos juntas. Desculpa-me muitas vezes não ter sido a melhor filha, a filha que mereces... Apesar disso sempre me apoiaste, no bem e no mal, e isso nunca esquecerei. Tu ajudaste-me a tornar-me a pessoa que sou, és parte de mim... e quero que sejas muito feliz. Desejo-te o melhor do mundo!

Adoro-te com todo o meu coração.

Conversas ao jantar

Discussões sobre religião com os meus pais à hora do jantar é sempre tão interessante... (Como fazer dois católicos pensar que existem pessoas que não acreditam em Deus/algo transcendente?) A minha mãe acredita que eu vou recorrer a Deus num momento de necessidade. Será?

sábado, 1 de maio de 2010

Tenho que começar a dormir como deve ser

À bocado tinha escrito uma entrada no blog. Era meia estranha, sobre o dia de ontem. Sinceramente, não sou capaz de comentar nada. Foi o que foi, tudo o resto pouco me importa. (Desculpa, espero que as coisas entre nós não fiquem diferentes, creio que não.)
Da próxima vez trazes um filme :)

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Vou deixar de roer as unhas/dedos.

Segundo a stora de Psicologia, qualquer vicio pode deixar de o ser, mas temos que querer genuinamente fazê-lo... A "cura" vem de nós próprios, basta ter força de vontade.

Por outras palavras... "Tentar não custa"!

terça-feira, 27 de abril de 2010

Não sei o que se passa. Talvez seja por sentir que os meus amigos se estão a afastar novamente... e isso deixa-me triste. Queria ter tempo para estar com todas as pessoas de quem gosto, sem ter que deixar ninguém para trás. (Parece que peço demasiado...) Há certas escolhas que têm que ser feitas... e muitas vezes escolho o caminho errado.

Preciso de aceitar as minhas decisões e as consequências que daí advêm.

Preciso de lutar mais por aquilo que quero.

O mundo é mesmo pequeno.

Até este ano não te conhecia. Podiamos ter-nos cruzado nos corredores lá na escola, mas nunca tinhamos falado.
Acaso ou não, vieste para a minha turma, e criámos logo alguma afinidade. Percebemos que temos tantas coisas em comum, que não se conseguem contar pelos dedos das mãos...
Fomos ficando mais próximos, partilhando cada vez mais, descodificando alegrias e tristezas, desvendando manias e "tiques". Nunca imaginei que se tornasse tão sério.
Começámos a namorar, já quase há dois meses, e fomos reparando em ainda mais coincidências... como o facto de ambos passarmos férias em zonas muito próximas no Alentejo.
Se bem que as parecenças caricatas não acabam aqui... Descobrimos um local comum, que nos levou a um nome comum que, por sua vez, nos levou a uma pessoa comum (ou várias). Aparentemente, somos primos em 6º grau e, além disso, já nos conheciamos de um almoço há uns 4 anos. Não deixa de ser curioso...
Tudo isto não me importa. Eu gosto de ti, tu gostas de mim e, por agora, não quero que isso mude.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Perfect B day.

Sinto-me mais próxima de ti, cada vez mais.
Adorei a tarde, sabes? A rosa vermelha na minha mão, o estar contigo, o "Confronto de Titãs" e muito carinho à mistura.

Só sei que me fazes muito feliz.

sábado, 24 de abril de 2010

P e companhia.

Onde está toda a gente? Foram-se embora e deixaram-me aqui. Se fosse noutra época... estaria a chorar ou a escrever textinhos deprimentes. Parece que não estou com muita vontade de fazer isso... a companhia dos jogos do facebook e da minha mãe na sala pareceu-me bastante agradável, já para não falar nos minutinhos de conversa ao telefone com ele... :P
Bem, já não quero saber deles, se não querem a minha companhia não tenho que me intrometer. Divirtam-se muito e sejam muito felizes. Eu, farei o mesmo, com eles ou sem eles!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Tenham sido com boas ou más as tuas intenções, acabaste por nos prejudicar com as tuas escolhas. Muitas vezes excentricas e de grande ambição, arriscaste e não foste capaz de levar a melhor. Tens que parar com isto, embora não haja muito que possas fazer mais... estás a destruir-te e nós iremos contigo.
Só queria que fosses capaz de ouvir o que temos para dizer, os bons conselhos que poderiamos dar-te, so tens que deixar de ser tão teimoso e orgulhoso.

Tudo isto e mais...

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Profissão?

Gostava de ter jeito para alguma coisa. Estou farta de procurar e não há nada que me cative... E, pior que isso, preciso de uma resposta o mais rapidamente possivel.

P.

Não me lembro de nenhum momento em que tenhamos deixado de ser amigos.
Esquece-nos, tudo bem, quando precisares estaremos aqui, como sempre estivemos.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Há momentos que não queremos lembrar, muitos que não queremos esquecer. Na verdade, penso que lembramos melhor os maus momentos, são os que mais nos tocam a alma... são também os que nos ensinam a não voltar a cometer os mesmos erros, a estarmos mais atentos ao que nos rodeia.

Há, sem dúvida, muitas coisas que não queria ter esquecido (tenho pena), tantas gargalhadas, tantos pormenores da minha infância, tantas pessoas que conheci... Tudo isso não volta.

(Deixemo-nos de nostalgias... O passado é passado. Preocupemo-nos com as novas gargalhadas e com as novas pessoas da nossa vida.)

segunda-feira, 19 de abril de 2010

'Quando te sentires perdida encontramos o caminho juntos.' Rúben Simão

Não sabes o quão importante te tornaste. Obrigado por todo o apoio que me tens dado. Adoro-te!

--------------------------

Fizeste-me chorar com as tuas palavras, e deixaste-me a mim sem palavras, sem reacção. Apenas um coraçãozinho acelerado e uns quantos arrepios no pescoço.

(É tudo o que consigo dizer. O resto, é algo que não consigo explicar, apenas sentir.)

Encontros na casa-de-banho

Nunca tinha feito tal coisa na minha vida. Desde quando combinamos horas para ir ter a casa de banho, so para uns minutinhos juntos?

(Da próxima vez arranjas um sitio mais longe, para termos mais tempo, combinado?)
'Mesmo que o mundo te odeie, eu não.' João Costa

Obrigado por esta frase, a sério. Puseste-me um sorriso de orelha a orelha.

domingo, 18 de abril de 2010

Não sabes

nem queres saber.

Noite de Sábado em Cascais

Festa de anos da Coutinho! Estava um pouco receosa, não sei bem porquê, mas acabou por ser super divertido. Falámos imenso, rimos às gargalhada e gostei principalmente da proximidade que senti com os meus amigos.

(O Ruben ainda me esta a dever um T.G.V.A., coisa que acredito que nunca beberei)

sábado, 17 de abril de 2010

B. Tu sabes

Gostei da tarde hoje. Apesar de simples, foi tão deliciosa! Apesar de ser algo fora do comum, senti-me estranhamente bem, talvez pela calma que sempre me transmites.

Provavelmente correu melhor por ser decidida à última da hora, e ainda fazendo os autocarros esperar um pouco. Não me perguntem como é que a minha mãe autorizou, isso não faço ideia... mas ainda bem que o fez.

Chegámos todos encharcados, depois de andarmos a correr à chuva feitos doidos, e depois fomos ver um filme. Já agora, filmes de terror efectivamente não são para mim, lamento, apesar de "Silent Hill" ter despertado em mim uma certa curiosidade. Gostei mais do outro, "Marley e Eu", com namoro à mistura, bem como uma boa dose de animação. Ainda quero acabar de o ver e chorar no fim, embrulhada numa manta às flores.

(Obrigado pela companhia esta tarde, Adoro-te)

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Por mais que queira...

já não consigo deitar-me antes da 1 da manhã.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Não percebo

porque é que tenho que ser sempre eu a fazer tudo. Todos se regem pela lei do menor trabalho possível, e sou eu quem está pronta a fazer o resto, só para não ser prejudicada. Odeio trabalhos de grupo!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Se calhar não é bem assim. Nem tudo deve ser como eu vejo.
Tenho a visão turva... Já não sei, duvido de tudo desde o principio.

(Nem eu percebo bem o que escrevi, mas foi o que me saiu na altura. Não questionem)

terça-feira, 13 de abril de 2010

Hoje, ia perdendo um amigo. Coisas estupidas e aparentemente sem importância. Não consigo ficar chateada contigo... ja passou, tão fácil quanto isto.
Hoje, ficaste triste comigo, fui fria, desculpa. Tudo por causa do outro e dos dramas dele. Gosto tanto de ti e não te quero desiludir.
Hoje, foste capaz de me ouvir, foste capaz de aceitar. Fui capaz de estar contigo e passar uma tarde agradável. Hoje senti que ainda somos amigas.
Hoje, preocupaste-te e quiseste saber do meu dia.
Um dia diferente, com as emoções à flor da pele...

(btw, hoje é o dia mundial do beijo. Gente, aproveitem!)

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Só tu, MEU tonto

"Eu adoro imenso os teus textos"

(Que exagerooo... mas sabe TÃO bem ouvir!)

Não, definitivamente beber álcool não é uma boa ideia. Depois arrependes-te e dizes que não confio em ti. Como confiar? Só pedia um pouco de responsabilidade e pensares também em nós.
Adiámos o trabalho... que se lixe! Ela quer, tu queres, eu passo a querer. A questão é se devo perdoar assim tão facilmente...
Uma coisa garanto (ou não), se for prejudicada por tua causa... conto a verdade toda à stora, e não têm como escapar.

Acho

que me vou embebedar com água.

Não sei

Até que ponto sou capaz de abdicar de muito por ti.

domingo, 11 de abril de 2010

Decidi

que não é suposto implorar-te. Se não queres, é contigo.

Mais ainda?

Quero ser mais artística
Quero ser mais inteligente
Quero ser mais adulta
Quero ser mais amante
Quero ser mais pessoa
Quero ser mais magra
Quero ser mais viajada
Quero ser mais rica
Quero ser mais desejada
Quero ser mais bonita
Quero ser mais leitora
Quero ser mais empenhada
Quero ser mais feliz
Quero ser mais sorridente
Quero ser mais forte
Quero ser mais amiga
Quero ser mais compreensiva
Quero ser mais paciente
Quero ser mais concentrada
Quero ser mais calma
Quero ser mais moderada
Quero ser mais organizada
Quero ser mais descontraída
Quero ser mais cantora
Quero ser mais bailarina
Quero ser mais conhecedora
Quero ser mais aventureira
Quero ser mais colorida
Quero ser mais sonhadora
Quero ser mais sedutora
Quero ser mais decidida
Quero ser mais impulsiva
Quero ser mais criativa
Quero ser mais importante
Quero ser mais segura
Quero ser mais comunicativa
Quero ser mais pensadora
Quero ser mais apaixonada
Quero ser mais única
Quero ser mais solidária
Quero ser mais dedicada
Quero ser mais próxima
Quero ser mais familiar
Quero ser mais cozinheira
Quero ser mais surpreendente
Quero ser mais...

sábado, 10 de abril de 2010

Balança


Estava nas habituais pesquisas sobre signos e as características e encontrei num site parte do perfil de uma mulher balança. Rapidamente me apressei a comparar com a minha personalidade.

“Se gosta de mulheres que adoram conversar sobre qualquer assunto, e parecem nunca saber a hora de parar de falar, então acaba de encontrar a outra metade da laranja! Mas, ao contrário de imaginar que passar horas ao seu lado conversando sobre os mais variados assuntos pode ser uma chatice, vai acabar ficando encantado. Ela vai dar ficar com aquele sorriso delicioso em cada três frases que disser e você vai sentir o quanto maravilhosa ela pode ser... Esta mulher parece brilhar quando faz aquilo que mais gosta: discutir um assunto! A nativa do signo Balança é feita de bondade, delicadeza, justiça, amizade, teimosia e indecisão.
Apesar de parecer frágil e ser muito feminina nos seus gestos, na forma de se vestir e de falar, a nativa deste signo é o tipo de mulher que pode surpreender quando resolve arregaçar as mangas para fazer um trabalho estritamente masculino. Ela vai sentir-se como se estivesse em casa se tiver que guiar um camião ou pegar ou touro.
Apesar de muito feminina, possui um traço masculino que, volta e meia, costuma cobrir o lado feminino. Mas em nenhum momento ela perde a sua feminilidade. Antes de pegar no machado para derrubar uma árvore, ela põe batôn, penteia-se e perfuma-se para ficar mais à vontade.
Mesmo quando estiver nervosa, a nativa deste signo tentará parecer calma ou, pelo menos, controlada.
É altamente intelectual e possui um grande poder de análise, que pode ser muito útil para resolver os problemas dos negócios do parceiro. Raramente deixará que as emoções a impeçam de tomar uma decisão desapaixonada ou de fazer um julgamento equilibrado.
(...) O segredo de sua vitalidade está no seu temperamento racional, pacífico e a repulsa que tem pela impaciência. Pessoas impacientes causam-lhe mal estar, podendo mesmo tirá-la do sério. São poucas as mulheres Balança que têm amizades com stressados. Detestam a confusão e, normalmente, precisam de harmonia para manter a estabilidade emocional. (...)"

Incrível como estas palavras conseguem descrever-me de forma tão próxima da realidade.

Baile de finalistas!

Finalmente comprei o meu vestido para o baile de finalistas. Mal o vesti gostei logo dele, nem foi preciso dizer mais nada, era o tal. Experientei alguns, mas aquele foi sem dúvida o mais... entusiasmante e o que mais reflectia a minha personalidade.
Agora só me falta comprar uns sapatos e uns acessórios e estou pronta para uma noite inesquecível.

Quinta e Sexta.


Visto está já que não vou ter paciência para escrever aqui todos os dias. E sei que isso também não interessaria a ninguém, saber todos os meus passos.

Na quinta a saída foi... tolerável. Andámos bastante e conversámos imenso sobre tudo, menos sobre um "pequeno pormenor" que não fui autorizada a comentar. Foi o que foi, mais do que isso o futuro o dirá.

Ontem fui pela primeira vez a praia este ano. E obviamente com óptima companhia! Gostei imenso e não houve nem um momento que mudaria. À noite fui assistir ao musical "A Gaiola das Loucas" do La Féria. Muito divertido e interessante, não diria que foi dos melhores que já vi, mas ainda assim gostei bastante e foi uma noite muito bem passada.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Eu e tu, como dantes.

Amanhã vou sair com ela de manhã. Vamos tentar reacender a "chama da amizade" por assim dizer. Não sei se tenho saudades desses tempos, ou nem por isso... o certo é que estou disposta a tentar.
Havemos de passar um bom tempo juntas, sem estarmos a discutir... Acho que nos vai saber bem a ambas. Pelo caminho, pode ser que encontre algo de jeito para comprar :P

Apresentação


O meu nome é Ana, tenho 17 anos e sou de Lisboa. Gosto de estar com os meus amigos e rir a todo o momento por tudo e por nada. Interesso-me por moda, estética e cabeleireiros. Adoro estar no computador e ver televisão.
Apresentações feitas...
Sejam bem vindos! Não sei se alguém vai ler isto, mas obrigada pela presença :)

Um agradecimento especial a uma grande amiga, Soraia Vale, que despertou em mim a vontade de criar o "múrmurios da mente".

Hoje decidi criar um blogue. Não perguntem porque, nem eu sei. (Ja tinha um mas acho que o vou apagar, quando descobrir como se faz).
Não esperem muito, apenas o que me vier à cabeça!